Archive for the 'Governo de Minas' Category

Nova Audiência Pública para Debater a Violência Contra a Mulher em Minas Gerais

Com a finalidade de investigar a situação da violência contra a mulher no Brasil e apurar denúncias de omissão por parte do poder público com relação à aplicação de instrumentos instituídos em Lei para proteger as mulheres em situação de violência”, foi criada uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito – CPMI.

Para subsidiar os trabalhos da CPMI, em Minas Gerais esta situação será debatida em uma Audiência Pública para a qual temos o prazer de convidá-la/lo. SUA PRESENÇA É MUITO IMPORTANTE!

Data: 27 de abril – 14horas

Local: Plenário da Assembléia Legislativa de Minas Gerais

Rua Rodrigues Caldas, 32 – Santo Agostinho – Belo Horizonte – MG

 

ELIANA PIOLA

Coordenadora Especial de Políticas Públicas para Mulheres

Minas terá uma mulher à frente do Escritório de Representação Política em Brasília

Diplomata, Fátima secretariou FHC na Fazenda e no Planalto, e Aécio e Anastasia no governo mineiro

Depois de 20 anos atuando nos bastidores do poder, Maria Tereza de Fátima Barbosa assume, agora como protagonista, um posto estratégico para o estado: o de chefe do Escritório de Representação Política de Minas Gerais em Brasília. Para pôr em prática os planos de acompanhar mais de perto as articulações políticas na capital federal, o governador Antonio Augusto Anastasia (PSDB) escolheu uma profissional com bom trânsito e traquejo. Soma-se ainda o fato de ela ser uma fiel aliada de longa data dos tucanos.

Aos 51 anos, Fátima, como é chamada no meio político, acumula um currículo invejável. Formada em ciências contábeis, a mineira de Abaeté é concursada do Itamaraty. Passou 10 anos em Brasília como secretária-executiva do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB): primeiro no Ministério da Fazenda, durante o governo Itamar Franco, e depois no Palácio do Planalto. Terminado o mandato do tucano, veio para Belo Horizonte secretariar o ex-governador Aécio Neves (PSDB), seguindo com o seu sucessor, Antonio Anastasia, durante a transição dos governos.

Divorciada e mãe de três filhos, não faltam bom humor e disposição à “representante” mineira no Distrito Federal. É descrita pelos que a conhecem dos corredores do Palácio da Liberdade como uma pessoa organizada, com grande experiência relacional e jogo de cintura para lidar com as saias justas da política. Daí sua vocação para ser diplomata. Morou oito anos na África do Sul, participou de missões diplomáticas na América do Sul, e em Nova York atuou na missão do Brasil na Organização das Nações Unidas (ONU).

Fátima contabiliza os feitos de sua carreira, desde FHC. “Foi ótimo. Foi daí que comecei a crescer e a acreditar nos projetos para a nação”, lembra. Com Aécio e Anastasia, o trabalho foi consolidado. Agora, a secretária pretende dar continuidade aos projetos de Minas no Distrito Federal e acompanhar mais de perto os convênios e liberação de verbas para o estado. Sejam elas por emendas parlamentares ou contratos diretos com o governo.

“É um desafio. O governador me confiou esse cargo e quero fazer da melhor maneira possível”, afirmou. Ela lembra que os contatos serão não são só políticos, mas também com a área técnica. “É preciso cuidar dos convênios entre as secretarias e os ministérios. O que me ajudará muito é a experiência que tenho por ter trabalhado em Brasília. Conheço como funciona e isso dá uma facilidade maior.”

Saiba mais representação

Minas Gerais tem escritórios de representação política em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro. Criados por lei, eles têm a função de resolver demandas do estado encaminhadas a entidades sediadas na sua área de atuação. Também são responsáveis por estudos e registros de informações de interesse do governo do estado e por prestar apoio aos representantes da administração estadual que forem àquelas capitais. O escritório de Brasília, especificamente, tem a atribuição de acompanhar a tramitação de projetos na Câmara dos Deputados e no Senado e manter o governador informado.

Fonte: Jornal Estado de Minas

Destaque na Imprensa: Para FH, nome natural ao Planalto é o de Aécio

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso apontou o senador mineiro Aécio Neves como “candidato natural” do PSDB à Presidência em 2014. Em entrevista à revista britânica The Economist, FHC previu, no entanto, uma “luta interna muito forte” entre Aécio e o ex-governador de São Paulo, José Serra, pela indicação do partido nas eleições nacionais.

O ex-presidente destacou que o PSDB precisa de unidade para escolher o nome que disputará a Presidência pelo partido. Questionado sobre quem seria o “candidato natural”, FHC respondeu sem rodeios: “Aécio Neves”.

Ele conversou com a jornalista Helen Joyce no dia 12 de janeiro, antes do anúncio de Serra de que não concorreria à Prefeitura da capital paulista para e dedicar a um projeto nacional. A entrevista foi publicada no site da revista, conforme antecipou ontem o estadão.com.br.

Leia o resto deste post »

Mulheres conquistam lugar na construção civil da Grande BH

Altivez para quem tem 1,55m de altura é característica de se espantar. Mas é a melhor palavra para descrever Ângela Maria de Almeida entrando em uma obra. Pisa duro, acena para a rapaziada e segue em frente – na construção e na carreira. Muito antes de Lília Cabral estampar sua figura como protagonista da novela das 21h da Rede Globo, ela já saía de casa trajando macacão e capacete e ouvindo piadinhas de vizinhos e colegas de profissão – a massacrante maioria deles homens, é claro. De pedreira, passou a proprietária de empresa para recrutamento e treinamento de 250 operários da construção pesada – além das 90 operárias, como ela. Isso tudo enquanto a geração de empregos no setor crescia 139,34% no Brasil, segundo os dados mais recentes do setor, entre 2004 e 2010.

Ângela não ganhou a mesma loteria que sua colega da ficção, mas de carona no boom da construção tornou-se espécie de “Pereirão” remodelada – em vez de se dedicar a reparos domésticos como a personagem de Lília Cabral, ergue prédios e casas em Belo Horizonte e Caeté, na região metropolitana. E apoia a inserção de mais representantes do sexo feminino nesse mercado, defendendo que “mulher é mais caprichosa e entrega tudo limpinho, dá um banho nos homens”. A metáfora do apreço pelo trabalho, que, ninguém duvida, é chave para o sucesso, não poderia ser mais maternal: “Um prédio é igual um filho: você vai cuidando, dando forma, e quando vê já cresceu e ficou lindo”.

Continue lendo ‘Mulheres conquistam lugar na construção civil da Grande BH’

Governador Anastasia reúne secretariado e faz balanço das ações executadas em 2011

A reunião com o secretariado aconteceu no Palácio Tiradentes. Foto Omar Freire/Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia apresentou aos mineiros, nesta terça-feira (20/12), as principais ações desenvolvidas pelo Estado em 2011. Durante reunião com o secretariado, o governador destacou que a apesar da crise financeira internacional, Minas obteve saldo positivo nas áreas de educação, saúde, segurança e na geração de emprego.

“Terminamos 2011 com saldo positivo, ainda que tenhamos uma crise internacional que afeta a economia brasileira e a economia de Minas Gerais. Mas estamos muito otimistas com a estrutura que temos de planejamento no nosso Estado. Com atração de empresas e com resultados positivos na educação, saúde, segurança, uma política social muito inovadora que fizemos, e em especial de um programa muito importante, que é o Gestão para a Cidadania, que foi apresentado aqui nos seus projetos pilotos, no Norte de Minas e no Vale do Rio Doce”, afirmou Anastasia.

Os avanços consolidados pelo Governo de Minas são fruto dos investimentos nos chamados Projetos Estruturadores, implantados com o objetivo de melhorar a qualidade dos serviços prestados à população na área social, de saúde, educação, defesa social, infraestrutura e de desenvolvimento econômico.

Leia o resto deste artigo »

Preventivo de Colo de Útero: Prefeitura de Lavras convida as mulheres para exame

Mais dois PSF’s estão mobilizados para o mutirão preventivo de câncer de colo de útero: o PSF -02 – Lavrinhas e o PSF – 06 – Vila São Francisco.

No dia 13 de dezembro, de 13h às 20h30, o mutirão será na unidade do Programa Saúde da Família PSF 02-Lavrinhas. Nos dias 14 e 15 de dezembro, de 8h às 20h30, será na unidade do Programa Saúde da Família PSF 06-Vila São Francisco.

A saúde é o bem mais bonito da mulher. A melhor maneira de cuidar da saúde é a prevenção.

Fonte: Prefeitura de Lavras 

PSDB ingressa no MPE para apurar se recursos dos professores foram usados devidamente

O Sind-Ute publicou hoje (24/11) anúncios contra o Governo de Minas em jornais de Brasília e São Paulo numa clara demonstração de que sua motivação é a de fazer política para desgastar o governo doPSDB. “O PSDB decidiu ingressar no Ministério Público de Minas Gerais para apurar se os recursos dos professores do Estado foram usados devidamente ou se foi uso político partidário. Nós queremos que se apure e, se houver interesse de partido político, que este dinheiro seja devolvido aos professores”, afirmou o deputado João Leite, presidente do PSDB Municipal de Belo Horizonte.

Clique e veja a minuta protocolizada pelo PSDB no MPE com o pedido de investigação do uso das verbas sindicais de responsabilidade do Sind-UTE 

O deputado João Leite denunciou ainda o uso político e oportunista que o PT vem fazendo sobre questão dos professores em Minas, mostrando que no Rio Grande do Sul, governado pelo PT, paga-se salário menor do que o praticado em Minas. “Lá no Rio Grande do Sul, o PT é contra a greve, cortou o ponto e diz que professor pode parar pois o governo não vai pagar”.

O deputado Bonifácio Mourão, líder do Bloco Transparência e Resultado da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), também criticou a ação do sindicato.“É lamentavel que o Sind-UTE use o dinheiro da contribuição do professorado de Minas Gerais para fazer publicidade política em jornais fora do Estado, a exemplo da Folha de S. Paulo e Correio Braziliense. O recolhimento do recurso dos professores deve ser para defender interesse legítimo da categoria”.

O Sind-UTE divulgou em horário nobre nas tvs, usando o dinheiro dos professores para mentir para os próprios professores. Para conseguir apoio para a greve, anunciou a existência de um piso nacional de R$ 1597,87 a que os professores teriam direito. Esse piso nunca existiu. O piso é definido pelo Governo Federal e nunca teve esse valor, como pode ser conferido aqui na página do MEC.

Leia matéria completa Sind-UTE: política e mentira


Blog do PSDB Mulher

Galeria de Fotos

RSS Núcleo Multimídia – Reportagens e vídeos interessantes sobre ações do Governo Aécio Neves

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

RSS Aécio no Facebook – Participe da comunidade de um dos administradores públicos mais bem preparados do Brasil.

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Fotos da Agência Minas

Encerramento Congresso Mineiro de Municípios

FOTO DO PREFEITO E DO VICE PREFEITO DE OURO BRANCO RECEBENDO PRÊMIO DA AMM

Encerramento Congresso Mineiro de Municípios

Mais fotos

@psdbMG

@governoMG