Posts Tagged 'PSDB Sindical'

PSDB Sindical de Minas Gerais lança coordenadoria municipal em Contagem

Contagem é a segunda cidade mineira a receber o núcleo sindical municipal do PSDB. O evento acontece, neste sábado (14/04), às 10h, na Câmara Municipal de Contagem, onde lideranças do partido, do PSDB Sindical e pré- candidatos da base aliada participam também de um debate sobre os problemas que Contagem vem enfrentando. O ex-prefeito do município, Ademir Lucas, também participará do evento. >

“Essa é mais uma coordenação que vem para somar a voz dos trabalhadores ao partido. O Núcleo Sindical continua avançando em Minas e no Brasil, o que mostra a vontade de mudança dos trabalhadores do país”, explica o presidente do PSDB Sindical de Minas Gerais, Rogério Fernandes.

A presidente do PSDB Mulher de Contagem, Ana Canuta, avalia a importância do evento não apenas para o PSDB Sindical, mas também para a cidade.

“Contagem vem apresentando muitos problemas como a degradação da Funec e a falta de segurança, por isso é importante esse debate, para discutirmos as várias necessidades do município”, avalia Ana Canuta.

Lançamento do PSDB Sindical – coordenação municipal Contagem

Data: 14/04/12

Local: Câmara Municipal de Contagem (Praça São Gonçalo, 18 Centro, Contagem)

Horário: 10 às 13 horas

Anúncios

Presidente da Força Sindical critica processo de desindustrialização do país

O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, demonstrou preocupação com o processo de desindustrialização enfrentado hoje pelo Brasil. Em palestra proferida na manhã desta sexta-feira, dia 11, na sede doPSDB-MG, promovida pelo PSDB Sindical, ele ressaltou que os produtos brasileiros estão perdendo espaço para os importados, colocando em risco a indústria brasileira. A palestra do presidente da Força Sindical faz parte de um conjunto de encontros do PSDB Sindical de Minas Gerais para discutir a agenda do trabalhador.

“Atualmente na economia brasileira, de cada cinco produtos que se consome, um é estrangeiro. Para os produtos industriais, esse percentual sobre para 24% – de cada quatro consumidos, um é estrangeiro. A indústria nacional está quebrando”, alertou.

Paulinho da Força Sindical afirmou que os setores automobilístico e eletro-eletrônico são os que mais têm sofrido com o processo de desindustrialização.

“Algumas empresas vendem carros que não possuem nenhuma peça produzida no país. Só da Argentina, entram no Brasil cerca de mil carros por mês. No setor elétrico-eletrônico, que possuía há seis anos um superávit de US$ 400 milhões, haverá este ano um déficit de US$ 46 bilhões”, disse.

Outra preocupação do presidente da Força Sindical é com relação à crise internacional. Segundo Paulinho, uma saída para o Brasil atravessar esse período é baixar os juros para dar condições para que os investimentos sejam feitos, aumentar o crédito e diminuir os impostos para fazer o país voltar a crescer.

Paulinho, que também é deputado federal pelo PDT de São Paulo, falou ainda sobre a situação dos terceirizados que, segundo ele, são considerados hoje quase cidadãos de segunda categoria. Ele defendeu a aprovação na Câmara do projeto de regulamentação do trabalho terceirizado, que tem o deputado Roberto Santiago (PV/SP) como relator.

“É importante que a terceirização seja regulamentada para garantir direitos iguais para os trabalhadores”, disse o presidente da Força Sindical.

Continue lendo ‘Presidente da Força Sindical critica processo de desindustrialização do país’

PSDB Sindical de Minas discute agenda do trabalhador

O PSDB Sindical de Minas Gerais promove, na próxima sexta-feira, dia 11, em Belo Horizonte, palestra “A Agenda do Trabalhador”, com o presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva. A palestra faz parte do primeiro encontro do PSDB Sindical, criado em agosto, e abordará temas relevantes para o desenvolvimento do país com mais justiça social.

A palestra será realizada no auditório Pimenta da Veiga, na sede doPSDB-MG (Rua Alvarenga Peixoto, 974 – 2º andar), às 10 horas.

Presidido por Rogério Fernandes, presidente da Força Sindical em Minas, o núcleo sindical do PSDB reúne integrantes de todas as centrais sindicais do Estado.

A criação dos núcleos sindicais em todo o país tem como objetivo a renovação do PSDB, a participação dos trabalhadores nas decisões partidárias e a ampliação do diálogo dos tucanos com a sociedade.

Os núcleos ainda ajudarão o partido a elaborar um plano de ação e uma agenda para os trabalhadores. Já foram implantados núcleos sindicais em 14 estados e a previsão é que, nos próximos meses, sejam criados em todos os 27 diretórios regionais do PSDB.

Palestra “A Agenda do Trabalhador”

Local: Auditório Pimenta da Veiga – sede do PSDB-MG
(Rua Alvarenga Peixoto, 974 – 2 andar) – Lourdes

Data: 11-11-11

Horário: 10 horas

PSDB de Minas Gerais lança núcleo sindical com mais de uma centana de adesões

O evento foi realizado na sede do PSDB/MG, em Belo Horizonte / Dúnia Capelli

O PSDB de Minas Gerais lançou, neste sábado (20/08), em Belo Horizonte, o Secretariado Estadual de Relações Trabalhistas e Sindicais – o PSDB Sindical. Com a assinatura inicial de cerca de 150 sindicalistas, o partido está aberto a novas filiações de todas as centrais sindicais do Estado, que terão papel fundamental na renovação do partido, na ampliação do diálogo com a sociedade e na discussão de projetos para o país.

O lançamento do PSDB Sindical contou com a presença de mais de 400 pessoas, entre elas importantes lideranças do partido como o senador Aécio Neves, o governador Antonio Anastasia, o presidente nacional do PSDB, deputado federal Sérgio Guerra, o líder do PSDB na Câmara, deputado federal Duarte Nogueira, o presidente do PSDB de Minas, deputado federal Marcus Pestana, além de parlamentares e lideranças sindicais.

Durante o lançamento do PSDB Sindical, o senador Aécio Neves destacou a importância da criação do novo núcleo partidário e afirmou que o braço sindical é uma demonstração clara da preocupação do partido com o social e com os trabalhadores.

“É um momento extremamente importante, de repercussão além das fronteiras de Minas. Estamos recebendo sindicalistas da maior expressão, que vêm formalmente somar conosco no PSDB, dando a demonstração que o PSDB tem um projeto para o país. Obviamente, um projeto que passa pela questão social, pelos interesses do trabalhador”, afirmou Aécio Neves.

A filiação dos trabalhadores, segundo o senador, demonstra ainda que os movimentos sindicais buscam novos interlocutores e que a aproximação do PSDB com as centrais sindicais é  um retorno às origens do partido.

“É uma demonstração de que, por maior que tenha sido o esforço do governo federal, ele não conseguiu aparelhar todo o movimento sindical. Parcela dele sim. Mas, aqui estamos vendo, com muita clareza, que o movimento sindical busca outros parceiros, outros intérpretes para os seus sentimentos, suas angústias e seus projetos. O PSDB, ao receber da forma que recebe um grupo tão expressivo de sindicalistas, na verdade, retoma suas origens. E é o que o PSDB tem buscado fazer”, observou Aécio.

Participação dos trabalhadores

Aécio Neves e o presidente do PSDB, Sérgio Guerra, assinaram as primeiras filiações do PSDB Sindical. Os sindicalistas entregaram aos dirigentes do partido o manifesto “Carta dos Trabalhadores Mineiros”, em defesa da criação do novo secretariado do partido em Minas, terceiro estado a instituir o núcleo sindical. No primeiro semestre deste ano, foram criados núcleos em São Paulo e Tocantins.

Sérgio Guerra afirmou que o PSDB quer ampliar para todo o país a participação dos trabalhadores nas decisões do partido. Segundo Guerra, que cumpre mais um mandato como presidente da Executiva Nacional para o biênio 2011/2013, o objetivo é renovar e modernizar o partido. Para ele, o PSDB precisa falar pelo povo brasileiro que não consegue ter voz.

“O nosso objetivo é que os trabalhadores participem das decisões do partido, que deve representar também suas aspirações e objetivos. Que o partido seja amplo, como amplo é o Brasil. Os trabalhadores não querem ser tutelados. O movimento sindical brasileiro se esvaziou quando algumas das grandes centrais se transformaram em correias de transmissão do poder central. Estamos juntos, com toda a coragem e determinação, sem oportunismo nenhum. Esse partido tem que se encher de gente nova, de sindicalistas, de gente que tem independência e que fale pelo povo, que muitas vezes não consegue falar”, afirmou o deputado.

Tucanos mineiros convocam novos filiados

Em seu pronunciamento, o governador Antonio Anastasia convocou os sindicalistas mineiros a filiarem-se ao PSDB e afirmou que o partido tem uma história vinculada ao trabalhismo. Segundo ele, a legenda foi responsável pela estabilização da economia e pela criação de programas que impediram o colapso financeiro do país como o Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Fortalecimento do Sistema Financeiro Nacional (Proer), evitando a demissão de milhares de trabalhadores.

“Temos uma história, um patrimônio na área do trabalhismo e do sindicalismo que nenhum outro partido tem. Se não fosse a estabilidade da nossa moeda, os trabalhadores estariam passando muitas necessidades. É a moeda forte que permite o poder de compra. Se o Proer não tivesse sido feito no governo de Fernando Henrique teríamos quebradeira de banco e demissão de milhares de bancários no Brasil na crise internacional em 2002. Podemos comprovar que de fato o nosso partido é preocupado com a ética, com a qualificação dos trabalhadores e com a geração de empregos”, afirmou o governador.

Fonte: PSDB de Minas Gerais


Blog do PSDB Mulher

Galeria de Fotos

Filiadas devem se recadastrar pela internet

RSS Núcleo Multimídia – Reportagens e vídeos interessantes sobre ações do Governo Aécio Neves

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

RSS Aécio no Facebook – Participe da comunidade de um dos administradores públicos mais bem preparados do Brasil.

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Fotos da Agência Minas

@psdbMG

@governoMG